Governo de Goiás amplia Projeto de Alfabetização em Família

Educação / 477

O projeto Alfabetização e Família, desenvolvido pelo Governo de Goiás, por meio da Secretaria de Estado da Educação (Seduc), e em parceria com o Gabinete de Políticas Sociais (GPS), será ampliado em 2024.

A previsão é que sejam criadas 600 novas turmas, em todo o Estado, capaz de atender até 6 mil jovens, adultos e idosos não-alfabetizados.

Lançado em 2019, o projeto visa universalizar a alfabetização da população com 15 anos de idade ou mais. De acordo com a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (Pnad-C): Educação, a taxa de analfabetismo entre os goianos nessa faixa etária era de 4,5% em 2022, correspondendo a 260 mil pessoas.

ALFABETIZAÇÃO

Até 2023, o programa havia ofertado 531 turmas, em 153 municípios goianos, contribuindo com a alfabetização de 4.525 pessoas.

Para 2024, o projeto prevê a ampliação da oferta de turmas de alfabetização em todo o Estado. A ideia é atender, prioritariamente, os municípios em situação de vulnerabilidade ou com altos índices de analfabetismo.

Para ofertar uma turma do projeto, prefeituras, Centros de Referência de Assistência Social (Cras) e instituições parceiras devem entrar em contato com a Gerência de Educação de Jovens e Adultos da Seduc no e-mail: alfaeja24@gmail.com.

A formação dos alfabetizadores, por sua vez, será realizada pela equipe da Seduc, por meio da Gerência de Educação de Jovens e Adultos e do Centro de Estudos, Pesquisa e Formação dos Profissionais da Educação (Cepfor).

A previsão é que as matrículas dos jovens, adultos e idosos interessados em participar do projeto sejam realizadas até o fim de fevereiro. Já as aulas devem ter início no mês de março.

Fonte: Secretaria da Educação - Governo de Goiás
Foto: Seduc